quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Exposição conta a história dos 50 anos da Escola Aurora Siqueira Jablonski


A Escola Municipal de Educação Básica professora Aurora Siqueira Jablonski de Rio Negrinho completou 50 anos de fundação no dia 15 de fevereiro de 2015. Para comemorar a data, a direção e professores organizaram uma exposição para mostrar um pouco da história da escola Aurora nestes 50 anos. A solenidade de abertura com a presença de ex-diretores, autoridades e convidados foi nesta sexta-feira, 20. A exposição fica aberta a visitação pública durante o horário de aula, no auditório da escola de segunda a sexta-feira até dia 02 de março.

Um pouco da história

As tratativas para o início da escola aconteceram no ano de 1963 e contou com a colaboração de Renato Ramos da Silveira, político da época que conseguiu a construção de duas salas de aula em terreno doado pelo Sr. José Hantschel, no bairro Bela Vista. O Decreto Nº 1.376 de 12 de março de 1964, publicado no Diário Oficial Nº 7.508 de 17 de março do mesmo ano, cria a “Escola Isolada de Bela Vista”. Liderada pela professora Miria Floriani Muhlbauer, nomeada como responsável pela escola, iniciou as atividades em 15 de fevereiro de 1965.

O nome da Escola é uma homenagem a Professora Aurora Siqueira Jablonski, que nasceu em Guarapuava no ano de 1916. Contraiu matrimônio com Rodolfo Jablonski, na Igreja São João Batista na cidade de Três Barras em 28 de dezembro de 1940. Desse matrimônio nasceram Osmar Nei, Maria Aparecida, João Alexandre e Marcos Aurélio. Aurora estudou no Colégio “Santos Anjos”, na cidade de Porto União. Foi uma aluna exemplar, cujo nome estava inscrito em Quadro de Honra. No mesmo colégio recebeu o Diploma de Normalista.


Iniciou a carreira de Magistério no Grupo Escolar “General Osório”, na cidade de Três Barras, no ano de 1940. Em 1950 foi removida para o Grupo Escolar professora “Marta Tavares”, em Rio Negrinho, onde permaneceu até sua morte em 15 de setembro de 1960, aos 44 anos de idade.

A Escola Ensino Básico Aurora Siqueira Jablonski, foi municipalizada através da Lei Nº 2429 de 20 de janeiro de 2012, aderindo ao programa de parceria educacional estado-município para o atendimento ao ensino fundamental formalizando a transferência de gestão da educação fundamental da rede estadual de ensino para rede municipal. A EMEB Prof. Aurora Siqueira Jablonski, criada através de convênio entre estado e município e efetivou a gestão municipal através da Lei Nº 2438 de 28 de fevereiro de 2012.

Atualmente dirige a escola a professora Anelize Huebner, auxiliada pela equipe formada pelos especialistas em educação, professores Mário Celso de Paula e Lucia Helena de Souza, Secretária Ivone Salomon Seixas. 26 professores, 01 monitora de informática, 02 assessoras, 03 auxiliares de serviços gerais, 02 merendeiras, Conselho Deliberativo e APP.   


Diretores da Escola Ensino Básico Professora Aurora Siqueira Jablosnki

- Miria Floriani Muehlbauer – 1965 a 1984.
- Maria Amélia Viana Tramontini – 1984 a 1987.
- Liana Maria Bail e Lilian Mary Simm Adjunta – 1988 a 1990.
- Dirlene Terezinha Kwitschal Klaus e Rosane Maria Martin Ortiz Adjunta – 1991 a 1994.
- Rosane Maria Martin Ortiz e Braulia Dazilma Neitzke Adjunta – 1995 a 1997.
- Célia Valério Olsen e Claudete Zierhut Adjunta – 1998.
- Ilse Maria Muehlbauer Vicente – 1999 a 2001 e de 2003 a 2004.
- Margareth Wolf Cardoso – 2002.
- Volnei Antonio Schoeffel – 1999 a 2003 Adjunto.
- Maria Alcionete Neves Batista e Silvana de Fátima Gonçalves de Aviz Adjunta – 2005 a 2006.
- Claudete Maria Tasca Schutzler – 2007 a 2010.
- Luciano Alves – 2011.

Diretora da EMEB Professora Aurora Siqueira Jablonski

- Marinês Karpen Kwitschal – 2012.
- Elaine Lovenberger Anton – 2013.
- Glaucia Lisane Rodrigues – 2014.
- Anelize Huebner – 2014...

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Escola de Música Valdeci Maia referencia no ensino musical em Rio Negrinho

A Escola de Música professor Valdeci Maia, iniciou nesta semana o ano letivo de 2015. A escola vem sendo referência na região na formação musical, organização e projetos que dão oportunidade para professores, alunos e inclusive ex-alunos da escola a mostrar sua habilidade na música. “Muitos dos nossos alunos hoje inclusive tem como principal profissão a música. Participam de grandes bandas que tocam vários estilos musicais e se apresentam em diversos estados do Brasil”, afirmou a diretora Kelly Sônia Ramos. 


 Kelly explica que para dar oportunidade e descobrir valores a Escola de Música criou o “Projeto Gratuito”. Os alunos interessados podem se inscrever para Musicalização infantil, Flauta doce, Canto Coral Infanto-Juvenil e Sopro (clarinete, trombone, trompete e bombardinho). Os alunos podem ainda solicitar bolsas de estudos que variam entre 25%, 50% ou até 100%. “Todos os alunos matriculados tem direito ao benefício, basta preencher o formulário e apresentar os documentos necessários”, disse Kelly. A análise será feira pelo Conselho Municipal de Cultura e deve ser solicitado durante o mês de fevereiro. 


A escola de Musical professor Valdeci Maia, conta com 300 alunos que são atendidos por 18 professores. “Oferecemos aula para uma grande diversidade de instrumentos musicais e com o tempo foram surgindo diversos grupos que se unem para aprimorar ainda mais a técnica e dar oportunidade de crescimento aos alunos”, completou Kelly. 

 Já se formaram o Grupo de sopro, Acordeões, Vocal da escola de música, Dueto de Choro, Big Band, Coral da Terceira Idade e Orquestra da Escola de Música. Essas grupos São coordenados pelos professores Felipe Stoeberl, Gelson Reichardt, Thiago Spieker, Rodrigo Zanine Cassanego, Denis Henrique Silva, Ricardo Espindula, Alex Sandro Ramos, Osni Weiss, Willian Davi Pscheidt e Josemar Vida de Oliveira Júnior. Kelly anuncia que neste ano será reativada a Orquestra Profal – formada por professores e alunos voltada mais para o teclado. “Claro conforme vai se consolidando outros instrumentos se integrando”, afirmou. 


Outra oportunidade de mostrar o crescimento dos alunos e o trabalho que vem sendo realizado pelos professores são as audições internas que neste ano estão programadas de abril a outubro. “De forma descontraída e sem imposições todos os alunos acabam participando. É um momento de grande alegria para os pais que vêem seu filho se apresentando, nem que seja tocando pela primeira vez algumas notinhas. Na audição de final de ano participam os alunos já formados e que tem mais tempo de escola”, falou a diretora. 


 A escola de Música professor Valdeci Maia mantém uma extensão no Distrito e Volta Grande, dando oportunidade a crianças, jovens e adultos das localidades interioranas também a aprender a tocar um instrumento musical. Todas as quintas-feiras, a escola oferece aulas de acordeão, violão e teclado. A Escola de Música tem a disposição dos interessados vagas para aula de teclado, saxofone, bateria, piano e técnica vocal. A matricula e depois a mensalidade custam R$ 30,00. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3644.3378.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Equipe da merenda com tudo pronto para receber os alunos na volta as aulas

             Mesmo durante as férias a equipe do departamento de merenda da Secretaria Municipal de Educação, já havia organizado as compras das merendas para que ao chegar de volta às aulas os alunos tenham suas refeições em ordem, as informações foram repassadas pela diretora do departamento da merenda Camille Dornelles Binder e pela nutricionista Mônya dos Anjos.
A qualidade na merenda passa por uma sequência de etapas, desde a descrição detalhada e correta para a melhor qualidade na aquisição dos produtos, validade, controle de qualidade verificando o que esta sendo entregue nas escolas. “Toda semana quando esta sendo feita a entrega de carnes e de verduras e legumes a gente acompanha e o que não esta dentro das normas é feito a substituição”, destacou a diretora do departamento da merenda Camille Dornelles Binder
A quantidade para as escolas passou por um trabalho de quantificação que estabelece exatamente a quantidade de merenda por escola.
O cardápio a fim de atender as recomendações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação- FNDE é organizado pelas nutricionistas usa produtos do município levando em conta os hábitos alimentares culturais da nossa região. 

Parque infantil adaptado para crianças com deficiência

Agora no parque da área central de Rio Negrinho, a prefeitura implantou um parque infantil adaptado para crianças portadoras de deficiência. As crianças e seus amigos ou familiares poderão encontrar nos brinquedos facilidades como para se balançar e interagir nos brinquedos.
A prefeitura pensando que todos têm direito ao acesso aos brinquedos, fez esse parque com brinquedos que possuem rampa de acesso adaptadas, para que as crianças possam brincar e interagir.
“Na verdade, a prefeitura e sua equipe não mede esforços para que as pessoas com deficiência sejam tratadas com cordialidade e  naturalidade”, completou a chefe do departamento de estudos projetos e programas especiais Jane Beckert Olsen.
Essa revitalização do parque infantil e adaptação para pessoas com deficiência foi no valor total de R$ 26. 667,00. Sendo do Governo do Estado de Santa Catarina R$ 19.997,58 e com contrapartida da prefeitura de R$ 6.669,42.  A reforma foi realizada pela empresa Implantest, pois após a enchente o parque ficou destruído. A quadra de areia que estava anexa ao parque foi colocada ao lado do Pavilhão dos Imigrantes no estacionamento.

Rede municipal de ensino de Rio Negrinho retorna as atividades normais


Nesta segunda-feira dia 02, voltaram as atividades normais, Secretaria Municipal de Educação, Escolas, CMEIs. Os professores retornaram dia 03, nas unidades de esnisno, e no dia 04 de fevereiro todos participaram da palestra com a Doutora Lucy Pfiffer, no Centro de Excelênciainiciando na parte da manhã com os professores da Educação Infantil e depois com os profissionais do Ensino Fundamental I e II para participar da palestra com a Doutora Médica Pediatra e psicanalista de crianças e adolescentes Lucy Pfiffer que falou sobre as dificuldades de aprendizagem. “Fizemos uma parceria com a saúde no ano passado onde trabalhamos com os gestores. Já neste ano estamos iniciando com todos os educadores”, disse Anita. Estiveram participando pela Secretaria de Saúde a Enfermeira Fabiana da Luz, Coordenadora da Atenção Básica, a Pediatra Maria Aparecida Pereira e o Diretor Técnico e médico da Secretaria doutor Luiz Eduardo Rodrigues.


Anita afirmou que o principal objetivo da educação em Rio Negrinho, quanto educadora e gestora da educação na administração é proporcionar uma educação cada vez mais humana. “Queremos valorizar o ser humano na sua essência educacional. Entendemos que o gestor, o professor, as pessoas são nosso foco principal para a realização de bom trabalho e desenvolvimento pedagógico na escola. Só teremos resultados positivos, uma qualidade de fato se todos abraçarem a causa da educação”, afirmou a secretaria.



Para Anita a educação de Rio Negrinho está caminhando. “Estamos por dentro de toda legislação, proporcionando uma gestão democrática que é o papel da educação para o futuro. Estamos organizados e temos um plano municipal de educação para os próximos dez anos”, disse. Anita anunciou que neste ano a Secretaria da Educação vai dar ênfase em diversos projetos e trabalhar nas reformas e ampliações de escolas e construção de creche.

Abrindo o ano letivo, a secretaria deu as boas vindas a todos os profissionais e ressaltou a importância do trabalho do professor na formação das pessoas. “Cada um de vocês escolheu a missão de educador, professor e optou pelo magistério porque gosta. O trabalho que realizamos e nossa profissão se resumem numa palavra, “Amor”. Trabalhamos com seres humanos dos 4 meses, na educação infantil, até seus 14 a 16 anos quando conclui o ensino fundamental. Vejam que responsabilidade”, questionou Anita. Finalizou dizendo que neste ano vai intensificar ainda mais as parcerias para uma educação com maior qualidade. “Nosso foco quanto secretaria e escola é o pedagógico, vamos garantir ao aluno o direito de aprender. Ai a importância do trabalho do professor na sala de aula”, finalizou a secretária Anita. Frisando que as aulas com os alunos iniciam a partir do dia 09 de fevereiro.